quarta-feira, 15 de maio de 2013

Fotógrafo Nick Ut e a menina do Vietnã



Nick Ut, fotógrafo vietnamita, começou a fotografar aos 16 anos, logo após a morte de seu irmão mais velho na guerra do Vietnã.




Por Diego Calvo
Foto Nick Ut

Nick Ut é o nome de profissão do fotógrafo vietnamita Huynh Công Út, nascido em 29 de março de 1951. Sua foto mais celebre foi feita em 1972. Ela comumente conhecida como “A garota do Vietnã” e ganhou o prêmio Pulitzer de 1973.

Nick Ut começou a fotografar aos 16 anos pela Associated Press (AP), logo depois que seu irmão mais velho Huynh Thanh My, também fotógrafo da AP, morreu na guerra do Vietnã.

Em toda sua carreira cobrindo guerras, principalmente no mundo oriental, foi ferido por três vezes e nunca desistiu de continuar retratando as atrocidades humanas. Hoje ele trabalha no território americano.

Quanto a sua foto, a da garota do Vietnã, ela sintetizou a realidade do que acontecia no país que estava em guerra com os EUA. Sua foto ajudou a impulsionar o movimento hippie e a reduzir o apoio popular que o governo americano tinha em relação à guerra.

Em 1973, os EUA assinaram um acordo de cessar fogo e em 75 retirou em definitivo suas tropas do território vietnamita.


Você pode querer ver também:
Dicas para fotografar bem melhor
Dicas para fotografar a lua
Dicas para fazer fotometria
Outros Fotógrafos famosos


Na foto, diversas crianças aparecem correndo, fugindo de um ataque da temida bomba incendiária chamada Napalm.

Uma garota de 9 anos, ao centro, se destaca por estar nua e com o corpo queimado. Ela fugia da aldeia Trang que acabara de ser atacada. Seu nome é Phan Thi Kim Phúc.

Segundo o fotógrafo Nick Ut, ao mandar a imagem para a AP, os editores entraram em um dilema e a foto quase não foi publicada. Tudo por causa da nudez frontal da menina. Isso ia de encontro com as regras da agência que repudiava fotos de nus.

“A principio, a foto tinha sido rejeitada por causa do nu (...) Argumentaram com o escritório de Nova Iorque por telex para que uma exceção fosse aberta, com o compromisso de que nenhum close-up da menina Kim Phúc seria feito. O editor de fotografia do escritório de Nova Iorque, Hal Buell, concordou sobre o valor da notícia da fotografia e cancelou as reservas sobre a nudez”, disse Ut.

A fotografia recebeu diversas criticas, inclusive de associações pró-guerra do Vietnã. Até o então presidente Nixon, em seu escritório, teria dito que tudo não passava de uma fotomontagem.

A imagem chocante ganhou destaque nos jornais de todo o mundo e culminou no Pulitzer (um dos prêmios mais cobiçados no mundo do jornalismo) de 1973 para o fotografo.


Nick Ut, depois de fotografar, levou a menina para o hospital. Ela passou por mais de 70 cirurgias para reposição de pele. 
Hoje, Kim, com 50 anos, mora no Canadá. Nick mora na Flórida e ainda mantém contato com a outrora garota.





Curiosidade

Perceba, no canto direito da foto, que outro fotografo estava fumando um cigarro e mexendo na sua câmera, que parece ser uma 6x6 no estilo Roleflex.

Por isso é sempre importante manter o foco pois, enquanto o outro retratista estava distraído, Nick Ut fotografava o prêmio Pulitzer.


Google