terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Livro indispensável para fotógrafos


Para os aficionados em fotografia, vale a pena conferir o livro "Cartier-Bresson: O olhar do século", escrito por Pierre Assouline e publicado no Brasil pela L&PM.

Por: Diego Calvo
Fotos de Bresson e divulgação

O livro conta a trajetória do homem que registrou grande parte da história do mundo no século XX pelas lentes de sua câmera. Este é o francês Henri Cartier-Bresson que ao lado de Robert Capa, George Rodger e David Seymor, criou a mais famosa e emblemática agência de fotografia, Magnum.

Começa pelo encontro de Bresson e seu biógrafo, que o procurou para uma simples matéria. A amizade dos dois foi inevitável e, com ela, a ideia de escrever um livro. No entanto, uma biografia era impensável para o fotografo, mas este não resistiu às insistências de Assouline que já havia escrito a biografia de Hergé, criador do famoso personagem Timtim e de outras personalidades.
O instante decisivo, marca do trabalho de Bresson

Depois deste início, o livro passa a ser um tanto linear e cronológico, mas esta retidão não atrapalha, alias, facilita o contar da história.

Bresson tem 11 anos e mora com os pais que são donos de uma importante tecelagem. Daí para chegar na fotografia, o jovem Henri percorreu o caminho das pinturas em tela, também por “Café’s” que abrigavam os mais brilhantes surrealistas da frança pós 1º Guerra Mundial e acabou parando na África (talvez uma peregrinação ao velho estilo Rimbaud).

Bresson realmente marcou o século registrando com muita poesia e, hoje, influencia este blogueiro que vos escreve. 

O livro tem 334 paginas e custa, em média, R$ 45,00 e, vai por mim, vale a pena o investimento.



Google